sábado, 30 de abril de 2011

Entamoeba gingivalis

Entamoeba gingivalis





Reino: Protista
Filo: Sarcomastigophora 
Classe: Lobozia 
Ordem: Amoebida 
Família: Entamoebidae 
Gênero: Entamoeba
Espécie: E. gingivalis 

   Não possui o estágio de cisto, somente de trofozoíta. Mede cerca de 10 a 35 micrômetros de diâmetro. Possui ectoplasma claro, endoplasma granuloso, vacúolos alimentares contendo restos celulares, bactérias e hemácias. O núcleo é aproximadamente esférico, membrana nuclear com grânulos de cromatina situados muito próximos uns dos outros, cariossomo central. Movimenta-se através de pseudópodes.
   É uma ameba parasita da cavidade bucal do homem, cão e gato. Em humanos, a ocorrência deste parasito é mais freqüente nos abscessos bucais. É descrita sua presença o escarro, nas gengivas, ao lado dos dentes e principalmente na placa bacteriana dentária, já que o protozoário não está livremente distribuído na cavidade bucal e sim restrito aos acúmulos de placas dentais. O substrato para nutrição de E. gingivalis é composto de leucócitos, células epiteliais, bactérias e outros protozoários. Os trofozoítos sobrevivem até 48 horas a 15° C. São anaeróbios. A reprodução ocorre por divisão binária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário